Bistro MAC – Peixe ao molho de vinho branco com batata e alho poró

Peixe ao molho de vinho branco com batatas e alho poro

Quem acompanha nossos posts com regularidade pode achar que estamos nos tornando repetitivos. Afinal, essa já vai ser a quarta vez que um prato do Bistrô MAC aparece por aqui. Mas acreditem, dessa vez foi pura casualidade. Nesse dia pintei no restaurante apenas para prestigiar a comemoração de aniversário de minha grande amiga Camila Cunha. Como estava louco de fome, não custava nada comer mais um prato para postar para vocês.

Se você é leitor assíduo do blog, já deve saber o endereço mas caso não saiba, repito: fica embaixo do Museu de Arte Contemporânea no Mirante da Boa Viagem s/n.º – Boa Viagem – Niterói – RJ – CEP: 24.210-390. E como estou na onda da repetição, seguem os links de todos os pratos do local que já foram postados:

Torta de castanha de cajú com geleia de manga e sorvete de coco

Bife de chorizo como risoto de parmesão e açafrão

Boeuf Bourguignone

Voltando ao prato da noite, que foi peixe ao molho de vinho branco com batata e alho poró, posso dizer que esperava bem mais, tendo em vista os outros pratos que já experimentei nessa casa. Não que o prato seja ruim. Porém, não tem nada que o destaque ou o faça excepcionalmente bom como foram os de minhas primeiras visitas ao Bistrô Mac. O peixe usado é filé de congro rosa, que muito parecido com o linguado, não possui espinhas é tem a carne bem branca e limpa. O prato vem composto do filé de peixe coberto por um molho branco que aparenta ser feito com creme de leite e obviamente o vinho e acompanhando o prato temos batatas cozidas no azeite e ervas.

Embora a combinação dos ingredientes fosse bastante boa e o sabor muito suave, esse acabou sendo o defeito. Ao menos para meu gosto, o prato foi suave demais. Esperava mais tempero e quem sabe até um pouco de sal para “animar”a iguaria. No quesito atendimento não há o que reclamar pois continua muito ágil.

Assim, sem querer ser demasiado exigente, apesar de ser um prato razoável, o peixe ao molho de vinho branco poderia ser bem melhor caso tivesse algum tempero mais vibrante. Embora gostoso, não é um prato que eu recomende dentre outros tão mais saborosos que o Bistrô MAC tem.

PREÇO NOTA
 

 


Tantra Mongolian Grill – Filé Mignon com Shiitake

File Mignon com Shiitake

 

Essas semanas o blog tem sido do meu irmão para a divulgação do evento Comida de Boteco. Já eu, que curto mais um restaurante, continuo a saga do Tantra Mongolian Grill, o restaurante de comida Mongol situado no no inicio da subida da Fróes em Icaraí que já faz sua terceira aparição em nosso blog. (continue lendo…)


Baixo Gago – Empada Sinhá Moça

Sinhá Moça

Hoje termino de contar sobre a minha árdua visita à alguns bares participantes do festival comida di buteco deste ano. Este é o quarto post sobre o concurso e até então já tivemos bruschettas, linguiça calabresa e linguiça de bacalhau. Hoje vou falar da Empada Sinhá Moça do Baixo Gago. (continue lendo…)


Galeto Sat’s – Bacalhau Agasalhado

Bacalhau Agasalhado

 

Enjoado(a) de ver post do comida di buteco? Espero que não, porque depois desse de hoje ainda teremos mais um na semana que vem, mas aí acabou. Prometo que só posto coisa do concurso ano que vem. =D

(continue lendo…)


Imaculada – Surpresa da Capadócia

Surpresa da Capadocia

Vamos novamente de Comida di Buteco. Pensei em deixar para fazer este post mais para frente, mas resolvi fazê-lo logo, afinal de contas, pra que deixar o melhor pra depois? Além de que o concurso ainda tá rolando até domingo agora, então você pode ir lá no Imaculada, provar a Surpresa da Capadócia e ainda votar. (continue lendo…)


Botero – Trio de Boteco

Trio de Boteco
Enfim chegou a época do ano em que eu tanto gosto, chegou a época do ano em que posto uma sequência de pratos participantes do festival Comida di Buteco. E pra começar a minha saga o escolhido foi o bar Botero que trouxe o petisco Trio de boteco (continue lendo…)


Tantra Mongolian Grill – Filé Mignon com Morangos e Pimenta

Mignon com morangos e pimenta

Esse post vai ser bom. Desde já anuncio! Bom porque ele representa uma das melhores coisas que aconteceram desde que eu e meu irmão tivemos a idéia do blog: A coragem de experimentar pratos que há anos atrás nem chegaríamos perto. E devo admitir que estou dando sorte pois todas as experiências até agora foram felizes. (continue lendo…)


Café Creme – Beirute

Beirute

Depois de falar do Café Normandia que é uma bebida quente, alcoólica e muito boa, volto a falar do bar e restaurante Café Creme. O estabelecimento fica localizado no centro da cidade de São Paulo, bem na avenida Paulista e merece sim ser visitados por todos. (continue lendo…)


Lanches Minuano – Frangão

Frangão

Nem só de restaurantes chiques e bares badalados vive o homem. Ademais, minha namorada sempre disse que tinha o sonho de me ver comendo um podrão. Tara bem estranha não? (continue lendo…)


Café Creme – Café Normandia

Café Normandia

Neste último final de semana rolou o Lollapalooza 2013 em São Paulo e eu mais uma vez estive lá para conferir. Aproveitando que estaria por lá, fui com a ideia de conhecer pelo menos um bom lugar e trazer para vocês. Este lugar é o Café Creme e o prato de hoje na verdade será uma bebida. (continue lendo…)


  • Criadores

    Rafael é Analista de Sistemas, reside em Niterói e adora esportes.
    Rodrigo é Advogado, reside em Nova Iguaçu e adora cães, em especial os bulldogs e o bull terrier.
    São irmãos, fanáticos por videogame e tecnologia e amantes da gastronomia em geral.
  • Categorias

  • Publicidade

  • Arquivos

  • Facebook

  • Copyright © 1996-2010 Caminhos Gastronomicos. All rights reserved.
    --!>
    Licença Creative Commons
    Caminhos Gastronômicos de Rodrigo Moulin e Rafael Moulin é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
    Based on a work at www.caminhosgastronomicos.com
    iDream theme by Templates Next | Powered by WordPress