Quem foi que disse que figurinha repetida não completa álbum? Bem depende do álbum, pois aqui no nosso álbum gastronômico sempre é válido retornar à lugares bons e provar novos quitutes.

Nessa semana voltei ao Joaquina, aquele restaurante bem legal, aconchegante e bem localizado também. Voltei para falar do Sonho de aipim com carne seca e catupiry e para dar uma dica de um outro prato que não consegui fotografar.

Como falei no post do dia 29 de março deste ano, o restaurante fica muito bem localizado na Rua Voluntários da Pátria, número 446, na COBAL do Humaita, ou de Botafogo. Enfim, fica ali no meio dos dois bairros, então chame como você preferir. Quanto ao atendimento, dessa vez foi melhor do que na outra visita. Tudo pelo fato de que dessa vez consegui uma mesa dentro do restaurante e na outra eu havia ficado do lado de fora em uma mesa improvisada, devido a lotação do estabelecimento.

Como falei no outro post, este prato realmente é melhor que o sonho de camarão. Não é à toa que temos diversos pratos e nossa culinária com a combinação de carne seca com aipim. A massa do bolinho de aipim combina e muito com o sabor mais forte da carne seca que vem acompanhada do catupiry que dá uma ‘liga’ e faz com que o prato não fique seco. Para aqueles que gostam, recomendo fortemente que reguem o petisco com bastante azeite. Ah, umas gotinhas, de pimenta também vão muito bem.

A dica que eu comentei no início do post fica para o risoto de rabada. Não consegui fotografa-lo para fazer um post sobre ele, mas vale muito a pena pedir, o prato é extremamente saboroso e se pedir um petisco tipo esse do post de hoje antes, dá pra servir duas pessoas.

PREÇO NOTA